Metodologia

METODOLOGIA PARTICIPATIVA NA ELABORAÇÃO DO PDI 2018-2022 

A metodologia para a elaboração do PDI da Universidade Federal de Alagoas está ancorada na perspectiva de um planejamento democrático-participativo e a execução dos trabalhos está estruturada pela criação de 1 (uma) comissão central (grupo de trabalho) e 9 (nove) subcomissões. Nesse processo, a participação da comunidade será assegurada em 3 momentos, sendo convidada a discutir, refletir e debater sobre a Ufal que temos, a Ufal que queremos e como chegar na Ufal que queremos.

A construção de todo o debate e por conseguinte de todo o documento tem como referência os objetivos estratégicos; estes serão escolhidos tendo como foco as atividades fins da universidade: ensino, pesquisa e extensão.  É com base nos objetivos estratégicos escolhidos que a comunidade universitária irá discutir as ações que deverão ser implementadas pela universidade quanto às atividades fins e às atividades meios - gestão institucional, gestão de pessoas, infraestrutura, política estudantil; as ações das atividades meios deverão ter como premissa o alcance dos objetivos estratégicos relacionados às atividades fins. As ações debatidas comporão o plano de ação do PDI.

O Plano da UFAL, ao ser discutido pela comunidade e aprovado pelo CONSUNI será a referência para que as Unidades Acadêmicas e Campi fora de sede construam seus Planos de Desenvolvimentos de Unidade - PDU, garantindo assim uma relação entre o PDI e os PDUs. 

Construção das propostas dos textos

A estrutura organizacional do PDI-UFAL é formada por uma comissão central que além dos integrantes da administração central compõem: ADUFAL, SINTUFAL, DCE e CPA; também, as  subcomissões. As subcomissões são formadas por um grupo multidisciplinar, que possui conhecimento amplo sobre o funcionamento da Ufal, são responsáveis por respaldar, articular, analisar, fomentar e promover trabalhos que possibilitem a reflexão e discussão de acordo com suas temáticas específicas. É papel das comissões elaborarem as propostas dos objetivos estratégicos, das ações do PDI com base na análise dos documentos e encaminhar à comunidade universitária para que a mesma discuta, valide, acrescente, sugira alterações/supressões. Cabe ao CONSUNI a aprovação do texto final do PDI. 

A Ufal que temos

os sujeitos deverão observar os avanços da Universidade e em que pontos a instituição deve melhorar. Para esse processo de avaliação, a comunidade se basear nos seguintes documentos: PDI vigente e anteriores; Relatórios de Gestão; Relatórios de Auto-Avaliação da Comissão Própria de Avaliação (CPA); Relatório de Recredenciamento UFAL MEC/INEP - 2017; Ufal em números. 

A UFAL que queremos

comunidade poderá participar propondo objetivos estratégicos para a instituição nos próximos cinco anos. Para isso, as direções das unidades deverão convocar assembleias, conselhos e colegiados ampliados, promovendo o amplo debate sobre as propostas dos objetivos estratégicos apresentados pela comissão central do PDI/UFAL. Para mais detalhes consultar o edital de chamada pública para participação no PDI/UFAL. 

Como chegar a UFAL que queremos: 

nesse momento, serão discutidas as ações que devem compor o plano de ação do PDI com vistas ao alcance dos objetivos estratégicos. Após esse processo um documento será encaminhado ao órgão de deliberação máxima da UFAL, o Conselho Universitário (Consuni) que deverá deliberar sobre o novo PDI-Ufal 2018-2022.

Os instrumentos utilizados para a participação são:

  • Consulta pública online aberta aos membros da comunidade universitária e sociedade alagoana em geral. Também será realizada consulta por unidade acadêmica/campi fora de sede. A chamada pública online será realizada através de edital. Através desse instrumento serão discutidos os objetivos estratégicos focalizando-se as atividades fins da universidade: Ensino, pesquisa e extensão. 
  • Fóruns temáticos: fórum de diretores, extensão; de ensino de graduação, tecnológico e profissional, de pós-graduação. Os Fóruns serão direcionados aos público alvo e participarão estudantes, docentes e técnicos. Nesses fóruns, a partir da escolha dos objetivos estratégicos as subcomissões irão elaborar propostas de ações estratégicas que implicarão a curto e médio prazo no alcance dos objetivos estratégicos. Serão propostas e discutidas não apenas ações relacionadas às atividades fins da universidade mas, também, ações das atividades meios - gestão institucional, gestão de pessoas, infraestrutura, política estudantil - que possam contribuir com a consecução dos objetivos estratégicos ao longo do tempo de vigência do novo PDI. As ações serão encaminhadas à comunidade universitária para debate.  
  • Audiências públicas descentralizadas que serão realizadas nos três campi da Universidade. Nas audiências, a comunidade universitária terá a oportunidade de apreciar a proposta do documento final com os objetivos, ações e metas discutidos anteriormente. 
  • CONSUNI após o debate, apreciações e sugestões da comunidade a minuta do PDI seguirá para o CONSUNI (Conselho Universitário) que é composto por representantes da comunidade universitária - estudantes, técnicos e docentes. Este conselho tem como prerrogativa deliberar e aprovar o PDI da universidade.